Homem TrabalhoO código de ética empresarial é um instrumento que serve para demonstrar os princípios, a visão e a missão de uma empresa. Através dela conhece-se a postura social da instituição diante do público com quem interage.

A partir do código de ética de uma empresa é possível avaliar sua função no mercado e o que ela procura nos seus funcionários. Seus artigos são baseados nas leis do país, geralmente tratam das relações internas e com o consumidor, proteção aos direitos trabalhistas e repúdio a práticas ilegais como corrupção, assédio sexual ou moral, entre outros temas vigentes.

O código pode se referir a conduta social da empresa, explicitando sua contribuição para a comunidade e com o governo. Essas ações podem dar a ideia do posicionamento da empresa, fator de identificação com funcionários e clientes.

Vantagens da Aplicação de um Código de Ética

⇒ O código de ética possibilita muitas vantagens para a empresa:

⇒ Fortalece a imagem da instituição (privada, pública ou ONG) perante a comunidade;

⇒ Pode aproximar os diversos profissionais da organização, pois eles também precisam participar da preparação do código;

⇒ Pode ser um excelente instrumento para solucionar possíveis conflitos e problemas internos;

⇒ Auxilia na ordem e transparência da imagem da empresa, pois proporciona mais coerência, já que está tudo documentado;

⇒ Traduz a conduta moral da formação da empresa e a maneira que ela é conduzida;

⇒ Implica na melhoria da relação entre clientes, funcionários, fornecedores e até governo.

⇒ A partir do momento em que uma empresa toma uma postura ética, ela se compromete voluntariamente para seu desenvolvimento e também com o da sociedade. Assim, é preciso que a ética seja praticada, caso contrário, será apenas um marketing para promover a empresa no mercado.

Descumprimento do Código de Ética

Um grande dilema no ambiente corporativo é quando um empregado/empregador precisa decidir ou resolver um problema e dependendo de sua decisão poderá gerar consequências, tanto para a empresa, quanto para sua vida. Um exemplo bem comum é a corrupção. Certa vez um chefe pediu para que um funcionário de confiança levasse uma maleta com uma quantia alta de dinheiro para o cofre da empresa. Mas esse funcionário percebeu que não teria problema se ele pegasse um pouco para ajudar sua família. Nessa situação cabem algumas perguntas:

  1. De acordo com o código de ética da empresa, será que eles apoiariam essa decisão?
  2. Essa seria a decisão mais correta?
  3. Indicaria essa decisão para outras pessoas?
  4. Qual seria o resultado dessa decisão para a minha imagem dentro da empresa?
  5. O que a minha família pensaria disso?

Diante da sociedade, essa situação é considerada incorreta, pois o funcionário estaria usufruindo de algo que não é seu e como consequência, ele poderia sofrer uma pena gravíssima. Para descumprimento do código de ética de uma empresa, os funcionários podem ser advertidos verbalmente ou por escrito e dependendo do caso suspenso, presos ou desligados do quadro de funcionários.

O código de ética auxilia na resoluções desses problemas e não somente isso, mas para as empresas, representa a importância dada ao meio ambiente e também á sociedade. Em seu conteúdo são tratados temas como:

Princípios e Valores, Missão e Visão da Empresa;

Princípios Éticos Princípios gerais de justiça e equidade;

Gestão da Sustentabilidade;

Normas e padrões para o comportamento na empresa e de seus funcionários;

Penalizações com relação ao descumprimento do código;

Ações de atuação para os órgãos de controle, etc.

Assim, o código não seria o mesmo que regimento interno, mas uma extensão do contrato de trabalho, em que o funcionário se compromete a cumprir as regras da empresa. O regimento interno é um conjunto de normas que auxiliam a empresa na regulação de seu funcionamento.